A arte de nascer em casa.

Este estudo realiza uma etnografia dos ritos domiciliares de parto e nascimento realizados atualmente em Florianópolis. A retomada do ambiente doméstico como lugar ideal para o nascimento insere-se em um contexto mais abrangente no qual os ritos engendrados a partir da medicalização do parto estão sendo debatidos e contestados. Tomando como eixo analítico os aspectos éticos e estéticos dos ritos de parto domiciliar, este estudo evidencia uma revalorização do ambiente doméstico como espaço de sociabilidade. Estes ritos articulam-se com novas formas de espiritualidade e vivência terapêutica e vêm desenhando novas teias de significado em torno da parturição. O material etnográfico privilegiado neste estudo constituiu-se de entrevistas realizadas com seus praticantes.

Dissertação de mestrado de HELOISA REGINA SOUZA.

Leia na íntegra: texto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s