Nota
0

Imagem

O mote da SMAM 2013 está centrado no ACONSELHAMENTO, ou seja desenvolver em cada conselheiro, seja ele um familiar, profissional de saúde, consultor de lactação, líder comunitário, amigas que também são mães a prática de aconselhar, de oferecer a mulher subsídios para construir singularmente a sua história de ALEITAMENTO, sem pré-conceitos, teorias engessadas em práticas mal conduzidas, sem excessos. Ouvindo, acolhendo, respeitando, oferecendo informções de qualidade.

Com muita comunicação não verbal útil, mantendo  a cabeça no mesmo nível, removendo as barreiras, sentendo próximo a ela, oferecendo seu contato visual, observando as expressões e os movimentos de tensão, se aproximando, oferecendo acolhimento. Fazendo perguntas abertas para que a mulher organize o seu momento verbalmente e psiquicamente, demonstrando interesse pelo que ela sente e diz,  acompanhando sem julgar o caminho que ela deseja percorrer para dar conta daquela dificuldade.

CUIDADO com as expressões faciais, elas podem atrapalhar o processo.

Reconheça e elogie o que ela está fazendo certo, esse ato aumenta a autoconfiança, encoraja a continuar a prática correta e abre espaço para sugestões futuras.

De uma ajuda prática, pegue um copo de água, ofereça lenços para secar as lágrimas, ofereça instruções a ajudante do lar, esclareça para a família como ajudá-la sem interferir no processo do aleitamento, esteja disponível para um telefonema a qualquer hora.

A ajuda prática mostra que o consultor está pronto para ajudá-la e apoiá-la.

Dê poucas e relevantes informações, a mãe não precisa saber toda a teoria, ela precisa entender como resolver o problema que está passando. É importante dar informações para desconstruir idéias erradas. As informações devem ser oferecidas de uma forma positiva, para que não soem como críticas. Use linguagem simples, as figuras de linguagem são ótimas para dar exemplo, termos técnicos muitas vezes às mães não entendem.

Dê uma ou duas sugestões no máximo, não ordene, mandar a mãe fazer alguma coisa, pode atrapalhar a autoconfiança. Sugerindo ela pode decidir o que vai fazer e se deseja realizar sua sugestão, isso a deixa no controle da situação, sentindo-se mais segura para discutir o que é mais adequado para ela.

SINAL ACOLHIMENTO

Toda vez que estiver aconselhando ELOGIE o que a mãe está fazendo de certo, oferecendo INFORMAÇÕES relevantes e SUGERINDO aquilo que for apropriado.

O objetivo é aprender a ACONSELHAR para não atrapalhar o processo de cada dupla mãe/bebê!

VAMOS TRABALHAR GALERA!

Por: Fabiola Costa

Fonte: Curso aconselhamento MS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s