0

LAM – Método de Contracepção favorecido pelo Aleitamento Materno Exclusivo

Método da Amenorréia da Lactação (LAM)

 

A amamentação é um método anticoncepcional que está ao alcance das mulheres durante os seis primeiros meses após o parto. O Método da Amenorréia da Lactação, LAM evita a gravidez porque, o funcionamento dos ovários é reduzido e não ocorre ovulação.

Quando praticado corretamente, a eficácia do LAM varia de 98% a 99,5%. Para isso, é necessário: que a mulher esteja nos primeiros seis meses após o parto, sem menstruar e praticando aleitamento exclusivo que significa que o único alimento do bebê é o leite materno. Nesta fase não devem ser oferecidos líquidos (água, chás, etc) ou alimentos sólidos.

O LAM tem muitas vantagens, pois a proteção anticoncepcional começa logo depois do parto e não apresenta efeitos colaterais. Se a mulher estiver utilizando a amamentação como método anticoncepcional e o bebê completar seis meses, procure o serviço de saúde para escolher outro método anticoncepcional. Mas continue amamentando!

 

Baixe o aquivo e veja as possibilidades para se beneficiar pelo método de contracepção  que a amamentação exclusiva favirece.

Clique Aqui:LAM

0

Cartilha do Ministério da Saúde para a Mãe Trabalhadora que Amamenta

Mamães trabalhadoras, que estão retomando ao trabalho após a licença maternidade! A Cartilha para a mãe trabalhadora que amamenta do Ministério da Saúde fala sobre a importância do aleitamento materno e como conseguir amamentar depois que acaba a licença maternidade. Tem informações preciosas sobre os seus direitos e as leis, até como extrair o leite, além de ter vários links de sites maravilhosos sobre aleitamento materno.
 
Clique na imagem para baixar a cartilha em pdf.
0

Considerações sobre o DESMAME.

Ter a certeza que chegou a hora, suportar o distanciamento necessário desse processo, não saber como reagir aos protestos dos bebês, sentir-se culpada por desejar o desmame, todas essas são questões que giram em torno desse momento. Recebo muitos e-mails, solicitando minha ajuda para o desmame, resolví então escrever meu olhar sobre o desmame.

A hora e o momento certo cada dupla ,mãe/bebê, vai encontrar. A OMS e o MAMAMIA recomendam aleitamento materno exclusivo (ALME) até o 6 mês, entende-se por ALME, uso exclusivo de leite materno, sem introdução de água, chás, sucos ou outros leites. Após os 6 meses, inicia a alimentação complementar e o aleitamento materno deve estender-se até os 2 anos, o leite materno não precisa sair completamente de cena e ser substituído por sopinhas, frutinhas… As duas fontes de alimentação podem ser  conciliadas.

Após o período de 6 meses de aleitamento materno exclusivo, o desmame fica a critério de cada dupla, mas cabe ressaltar que o leite materno ainda tem função imunológica importante até os 2 anos.  O desmame tal qual o nascimento, é um processo de separação entre mãe e bebê.  É muito importante que esse momento de separação aconteça no tempo certo para ambos.  Não sou a favor do desmame traumático, aqueles que as mulheres passam coisas no bico do peito para ficar com gosto ruim, ou que pintam de vermelho para dizer que está machucado… Como tudo que gera crescimento, o desmame também é uma etapa dolorida e deve ser conduzida com muito cuidado.

É muito importante que a mãe solicite ajuda de alguém próximo, o pai, a avó, alguém que possa dar suporte para os momentos de maior dificuldade.  A postura e o desejo da mãe são importantíssimos nesse processo, o sofrimento é intrínseco a toda separação, então sentir-se segura de que a hora do desmame chegou é imprescindível.

Aqui vão algumas dicas, para iniciar o processo:

Nada de excessos, tirar radicalmente o peito será traumático para o bebê e dolorido para você.

Limite as idas ao peito, dizer não em alguns momentos pode ser importante para iniciar a separação.

Ofereça outros atrativos quando não for o momento de mamar.

Mantenha calma, o bebê vai protestar com certeza.

Boa sorte, crescer faz parte da vida, ofereça um crescimento saudável para o seu filho!