4

Claudia LEITE e Davi apadrinham Semana Mundial de Amamentação do Brasil.

Claudia Leite2

Claudia Leite e seu lindo filhote Davi serão as estrelas da Semana Mundial de Amamentação (SMAM) do  Brasil.

A cantora posou para fotos e gravou um comercial, que trás o slogan, definido pelo Ministério da Saúde

Amamentação em todos os momentos. Mais saúde, carinho e proteção!

°°°

Em breve o Ministério da Saúde disponibilizará no site todo o material da campanha.

Serão distribuídos cartazes e folders aos Estados e Municípios e às filiadas da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Além disso, a divulgação será feita em mobiliários urbanos como paradas de ônibus, metrô, entre outros.

O layout para camisetas, bonés, adesivos e banners também será disponibilizado.


1

Aleitamento Materno: resposta vital nas emergências. Estamos preparados?

SMAM 2009

FUNDAMENTAÇÃO – BASE TEÓRICA

  • As crianças são as mais vulneráveis em situações de emergência, a mortalidade infantil pode aumentar de 2 a 70 vezes acima da média, devido a diarréia, doenças respiratórias e desnutrição.
  • O Aleitamento Materno é uma intervenção para salvar vidas e a proteção é maior para as crianças menores. Mesmo em não emergência, crianças menores de dois anos que não recebem leite materno, tem seis vezes mais probabilidade de morrer.
  • Emergências podem acontecer em qualquer lugar do mundo. Emergências destroem aquilo que é “normal”. Situações de emergência dificultam os cuidados com os recém-nascidos,  que tornam-se vulneráveis, podendo adoecer ou morrer.
  • Durante as emergências as mães precisam de apoio ativo para manter ou restabelecer a amamentação.
  • O estado de alerta em situações de emergência é fundamental. Apoiar o Aleitamento Materno em períodos não emergenciais fortalece a capacidade de manter-se segura durante uma emergência.

OBJETIVOS:

  • Chamar a atenção para função vital que o Aleitamento Materno tem nas emergências no mundo todo.
  • Reforçar a necessidade de proteção ativa e apoio ao Aleitamento Materno antes e durante as situações de emergência.
  • Informar mães, pessoas que promovem o Aleitamento Materno, comunidades, profissionais de saúde, organizações governamentais, doadores e a imprensa, sobre como eles podem apoiar ativamente o Aleitamento Materno antes e durante uma emergência,
  • Mobilizar a ação e nutrir redes de trabalho e colaboração entre quem tem experiência em Aleitamento Materno e quem está envolvido nos resgates nas emergências.

 

Fonte:  http://www.waba.org.my/

Tradução: Fabiola Costa