0

Amanhã em Niterói: Ciclo de debate para profissionais…

4

Mais um, exemplo que vale a pena!

Na foto Ana Lúcia Toledo, com a filha mais velha Pietra (2 anos) e Luna, a menina, do seu casal de gêmeos.

Ana Lúcia Toledo, conhecida como AnaLú é organizadora do Ishtar Espaço para Gestantes-Recife, que é um grupo de apoio à gestante e ao parto ativo – pelo respeito ao tempo de gestar, parir e amamentar. O grupo está espalhado por todo Brasil, faz encontros gratuitos e periódicos.

Abaixo seguem os sites dos grupos espalhados pelo Brasil:

Belém: http://espacoishtarbelem.blogspot.com/

Brasília: http://ishtarbrasilia.blogspot.com/

Campina Grande: http://ishtarcampinagrande.blogspot.com/

Divinópolis: http://ishtardivinopolis.blogspot.com/

Fortaleza: http://ishtarfortaleza.blogspot.com/

João Pessoa: http://ishtarjoaopessoa.blogspot.com/

Rio de Janeiro: http://ishtar-rio.blogspot.com/

Recife: http://espacoishtar.blogspot.com/

Sorocaba: http://ishtarsorocaba.blogspot.com/

1

Amigas do Peito Informam: Comemoração da Semana Mundial de Amamentação 2010

Vamos celebrar a Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) com um evento na Praia do Leme, no dia 1º de agosto, domingo, de 9 horas até meio-dia!

  • Exposição dos produtos das Amigas do Peito;
  • Roda de conversa sobre amamentação e maternidade;
  • Demonstração do uso de slings e kepinas.

Compareça e divulgue!!

Se você já levou seu filho para uma foto com o Papai Noel do shopping, que tal agora uma foto com o próprio pai, como presente no dia dos pais?

Acredita em papai noel? Nós acreditamos em mamíferas!

A fotógrafa Raquel Moreira (www.coisadebebe.com.br) estará fotografando o evento para posterior venda de fotos e arrecadação de fundos para este trabalho!

Maiores informações: http://www.amigasdopeito.org.br/

0

Amamentar na primeira hora de vida, é POSSÍVEL!

NA CESÁREA:

NO PARTO NORMAL:

0

A Rede de Bancos de Leite Humano participa da Rede Universitária de Telemedicina – Rute

O SIG TeleRedeBLH – Tele Rede de Bancos de Leite Humano foi criado em novembro de 2009 e tem como Instituição Coordenadora a Fundação Oswaldo Cruz – Fiocruz (Instituto Fernandes Figueira/Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde/Centro de Referência Nacional para Bancos de Leite Humano).
O que é?
Trata-se de um Grupo de Interesse Especial (SIG) localizado na Rede Universitária de Telemedicina – Rute, que tem como objetivo ampliar o intercâmbio do conhecimento e transferência de tecnologia no âmbito do aleitamento materno e dos Bancos de Leite Humano como componentes estratégicos para atingir os Objetivos do Milênio, enfatizando a redução da mortalidade infantil.

A Rede Universitária de Telemedicina – RUTE é uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia, apoiada pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e pela Associação Brasileira de Hospitais Universitários (Abrahue) e coordenada pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), que visa a apoiar o aprimoramento de projetos em telemedicina já existentes e incentivar o surgimento de futuros trabalhos interinstitucionais.

Para assistir as conferências já realizadas o Canal Saúde disponibiliza o acesso aos vídeos. Clique no título:

Inauguração do SIG TeleRede – Novembro 2009

Telesessão SIG TeleRede – Dezembro 2009

Telesessão SIG TeleRede – Janeiro 2010

Telesessão SIG TeleRede – Fevereiro 2010

Telesessão SIG TeleRede – Março 2010

O SIG TeleRedeBLH tem uma sessão de
teleconferência por mês sempre
das 12h00min às 13h30min, horário de Brasília, exceto atividades especiais.

5

DEZ PASSOS – Iniciativa Hospital Amigo da Criança.

Maternity by Picasso
Passo 1:
Ter uma norma escrita sobre aleitamento materno, que deve ser rotineiramente transmitida a toda a equipe de saúde.
Passo 2:

Treinar toda a equipe de saúde, capacitando-a para implementar esta norma.
Passo 3:

Orientar todas as gestantes sobre as vantagens e o manejo do aleitamento materno.
Passo4:

Ajudar as mães a iniciar o aleitamento materno na primeira meia hora após o nascimento do bebê.
Passo 5:

Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação, mesmo se vierem a ser separadas de seus filhos.
Passo 6:

Não dar ao recém-nascido nenhum outro alimento ou bebida além do leite materno, a não ser que tal procedimento tenha uma indicação médica.
Passo 7:

Praticar o alojamento conjunto – permitir que mãe e bebê permaneçam juntos – 24 horas por dia.
Passo 8:
Encorajar o aleitamento materno sob livre demanda.
Passo 9:

Não dar bicos artificiais ou chupetas a crianças amamentadas ao seio.
Passo 10:

Encaminhar as mães, por ocasião da alta hospitalar, para grupos de apoio ao aleitamento materno na comunidade ou em serviços de saúde.