13

Vamos comemorar, doando? Dia Mundial de Doação de Leite Humano.

“Temos o orgulho de ter o melhor banco de leite do mundo e sua inovadora tecnologia de pasteurização do leite materno exportada para diversos países.
A comemoração do dia 19 de Maio como o “Dia Mundial de Doação de Leite Materno” a partir de 2012.
E desejamos comemorar esta data, demonstrando a importância da amamentação exclusiva e a doação de leite materno aos Bancos de Leite espalhados por todo o nosso país.
Hoje o Brasil conta com mais de trinta centros de referências em todas as regiões brasileiras.
Queremos convocar todas as mamães potencialmente doadoras do nosso país e participarem desta campanha conosco! Neste dia, faça o seu cadastramento em um dos bancos e seja uma doadora. Será uma mobilização nacional apoiada pelo Ministério da Saúde e a Rede Fio Cruz.
Seu leite poderá salvar a vida de centenas de bebês em UTI´S neonatais!”
Coloque o selo da campanha em seu blog e site e ajude-nos a fazer do Brasil o maior país doador de leite materno do mundo!
Uma parceria MamaMia, Aleitamento Materno Solidário para incentivar a doação de leite humano.
1

Considerações importantes sobre retirada e a forma armazenamento de leite humano.

Os primeiros jatos do leite coletado deverão ser desprezados, a fim de eliminar possíveis microrganismos patogênicos e garantir uma contagem microbiana menor no leite ordenhado. A eliminação dos primeiros mililitros (2 a 5mL) no momento da ordenha, ou dos jatos iniciais, contribui para a redução de até 90% da população inicial de bactérias. Isso porque as regiões mais periféricas dos ductos mamilares são colonizadas por microrganismos, de modo geral com características saprofíticas, que, por estarem ecologicamente adaptados, crescem com rapidez. Esse fato decorre da permanência de resíduos de leite na região, entre o intervalo das ordenhas.
Por ação física de arraste, os primeiros mililitros ejetados trazem consigo a quase totalidade dessas bactérias. Assim, ao desprezar os primeiros jatos, descarta-se também essa microbiota secundária – desejável quando se trata de amamentação direta ao seio – mas que representa fator de risco para a ocorrência de não-conformidades quando se trata de leite humano ordenhado.

A esterilização mal feita dos utensílios utilizados na coleta do leite, acarreta uma alta porcentagem de contaminação. Entende-se por utensílios, bombas elétricas, bombas manuais e as mãos, devem ser bem lavadas.

Considera-se embalagem padrão para acondicionamento do leite humano frascos de vidro de boca larga, com tampa plástica rosqueável*.  As embalagens de vidro, face às suas características, sobretudo as construídas com borosilicato, apresentam custo menor, alem de atender a todas as demais exigências para o acondicionamento do leite humano ordenhado. Um cuidado especial deve ser tomado com os frascos que apresentam solda na sua parte inferior, uma espécie de costura que prende o fundo  ao corpo do vidro. Essas soldas são frágeis e, quando submetidas a baixas temperaturas ou a estresse térmico, rompem-se.

* potinhos de alimentação infantil não tem tampa plástica

* copos de nutella não tem tapa rosqueável

IM PORTANTE: As embalagens plásticas*, em sua grande maioria, trazem o problema de despolimerização (decomposição) parcial do plástico, imperceptível macroscopicamente, sobretudo quando aquecidas a temperaturas superiores a 50ºC.

* entende-se por embalagens plásticas – garrafinhas, saquinhos, tupperware…


O tempo de estocagem do leite humano ordenhado, ou vida de prateleira, depende, dentre outros fatores, do tipo de embalagem utilizada para acondicioná-lo.

fonte: Manual de normas técnicas para banco de leite humano/ Fiocruz

 


0

Mobilização para criação do Dia Mundial de Doação de Leite Humano.

Solicitamos a especial atenção de todos para a mobilização que será iniciada em nosso Congresso, com o objetivo de criar o Dia Mundial de Doação de Leite Humano. Esta iniciativa foi idealizada com base na experiência exitosa desenvolvida pela Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, desde o ano 2004.

A cada ano, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano escolhe uma mãe como madrinha, buscando entre suas doadoras, mulheres que se destacam na sociedade como formadoras de opinião. Pôsteres, folders, inserções em emissoras de TV e radiodifusão, são instrumentos utilizados para divulgar a importância da doação de leite humano, sempre centrada no slogan “para você é leite, para a criança é vida. Doe leite a vida agradece”.

Com esta estratégia, a Rede Brasileira vem ampliando de forma expressiva o volume de leite humano doado a recém nascidos que dependem de cuidados especiais. Nossa proposta em termos objetivos é dar inicio a uma mobilização social em todos os países que disponham de Bancos de Leite Humano, em torno de uma data comum. Por tanto, é muito importante que vocês discutam entre os seus companheiros de trabalho, e dentro de suas instituições e com os distintos segmentos da sociedade sobre datas possíveis, a serem enviadas como proposta que serão discutidas no plenário do Congresso.

Pedimos que enviem as propostas eleitas pelos pares em cada país para o e-mail do IberBLH (iberblh@fiocruz.br) antecipadamente. Por favor, quanto antes melhor para trabalhar de forma mais produtiva. Queremos dar visibilidade antecipada destas propostas e discutir com vocês a melhor dinâmica para eleger uma delas.

IBERBLH-Programa Iberoamericano de Bancos de Leche Humana
Secretaría Ejecutiva
iberblh@fiocruz.br
www.iberblh.org